ATUALIZAÇÕES

21/05/2022 – 12h:44min: tópico “XV. NÃO EXISTE CURSO MILAGROSO!(Como Aprender?) atualizado;

21/05/2022 – 12h:26min: tópico “VIII. QUANTAS PALAVRAS PRECISO APRENDER?(Como Aprender?) atualizado;

PESQUISAR NO BLOG

images

Você está no blog “Ganbarou Ze! – Gramática Japonesa”.

A. SOBRE O ORGANIZADOR DESTE PROJETO

Falando um pouco sobre mim, eu me chamo Nelson e sou descendente de japoneses. Aos 2 anos de idade fui diagnosticado com paralisia cerebral e o médico disse que o máximo que eu poderia fazer era ficar vegetando numa cama. Depois de meus pais muito brigarem e correrem atrás, aos 4 anos de idade, comecei o meu tratamento na AACD, onde permaneci por 10 anos.

Hoje, depois de muitas cirurgias (20 mais ou menos) e tratamento, estou andando de muletas, possuo graduação em Gestão Financeira e MBA em Controladoria e Finanças.

B. HISTÓRICO

Sou muito fã de seriados japoneses, animês e videogames. Tudo isso despertou em mim ainda mais o apreço pela língua e cultura japonesa. Mas uma coisa me intrigava: a maioria dos melhores sites / livros sobre a língua japonesa estava escrita em inglês!

Conheci o site do Tae Kim. Achei a abordagem dele excelente e inovadora, mas eu queria conhecer mais sobre a língua japonesa. Então, passado um tempo, deparei-me com o site Imabi e, através dele, conheci o espetacular livro Classical Japanese: A Grammar de Haruo Shirane. A partir daí me interessei pelo Japonês Clássico e comecei a pesquisar mais sobre o assunto na internet.

Com essas três “ferramentas” – Manual do Tae Kim, Imabi e Japonês Clássico –, as coisas começaram a ficar muito mais claras e o aprendizado havia se tornado ainda mais divertido e intrigante. Resolvi, então, juntar as minhas pesquisas em um arquivo de Word: tudo que encontrava e achava interessante, eu traduzia e colocava nele. Depois de 3 anos de pesquisas, esse arquivo chegou à marca de 400 páginas (atualmente o arquivo conta com mais de 700 páginas!!). Então, pensei: “por que não compartilhar as minhas pesquisas?

Então, caríssimo, eis aqui o resultado delas. Este blog, inaugurado em 26/05/2014, totalmente em português e gratuito, tem por finalidade abordar a gramática da língua japonesa partindo do ponto de vista japonês (como o Tae Kim faz) e também mostrar a evolução da língua e os seus porquês (através do Japonês Clássico) para que você disponha de conhecimento para tentar entender sozinho determinado padrão gramatical, mesmo sem tê-lo visto em um livro de gramática antes.

C. MAS… POR QUE O JAPONÊS CLÁSSICO É IMPORTANTE AINDA HOJE?

Quando iniciei este projeto, já era evidente para mim a importância do Japonês Clássico para um melhor entendimento da língua moderna. Conforme progredimos em nossos estudos, fica fácil perceber que principalmente na linguagem escrita formal, deparamo-nos com construções estranhas que, sem o conhecimento do Japonês Clássico, ficaria impossível compreendê-las de forma satisfatória. Também, se você deseja fazer o nível 1 do JLPT, irá se deparar com essas “coisas estranhas” da língua japonesa. É por isso que me propus a fazer uma abordagem diferente de tudo o que você já viu, abordando o Japonês Clássico, tanto para mostrar a evolução dos padrões modernos, como para explicar pontos gramaticais clássicos que ainda podem ser vistos na língua moderna.

D. ESTRUTURA GERAL DO BLOG

O blog pode ser dividido em cinco partes partes principais:

COMO APRENDER?: é a seção criada em 2022. Ao longo de quase 10 anos ouvindo e lendo relatos de nossos leitores, percebemos que o maior problema para a maioria não está no japonês em si, mas na maneira de encarar as coisas, o mundo. Por isso, recomendamos que você leia e reflita com sinceridade cada assunto abordado nesta seção ANTES de iniciar qualquer estudo;

GRAMÁTICA FÁCIL: essa seção foi criada porque recebíamos e-mails de leitores que, apesar de elogiarem o conteúdo do blog, afirmavam que o conteúdo da atual chamada “Gramática Avançada” podia parecer complexo para iniciantes. Por isso, se você ainda não teve nenhum contato com a língua japonesa, recomendamos que comece por esta seção, na qual expomos os fundamentos da língua da maneira mais simples possível. Disponibilizamos uma versão ebook desta seção. Clique aqui para baixar a versão mais recente (atualizada em 02/03/2022);

GRAMÁTICA AVANÇADA: foi o início de tudo. Composta por 60 lições (discriminadas no menu do lado direito), essa seção contém lições que foram organizadas para que pouco a pouco você acumule conhecimento da língua japonesa de modo que faça sentido. As lições estão divididas em tópicos, e aconselhamos que você leia com calma cada um deles até assimilar o conteúdo exposto. Não tenha pressa;

SUPLEMENTOS: é composta por 4 seções:

1) O Teste de Proficiência na Língua Japonesa (JLPT): contém informações sobre esse importante teste usado como requisito em muitos lugares;

2) Dez Mil Palavras: contém o vocabulário necessário para prestar os níveis do JLPT;

3) Índice Gramatical: contém todas as estruturas gramaticais cobradas em cada nível do JLPT com a(s) respectiva(s)  lição(ões) – do Gramática Avançada - na(s) qual(is) tal construção é abordada direta ou indiretamente (conceitualmente, pelo menos);

4) Biblioteca de Kanjis: contém os Kanjis cobrados no JLPT divididos por nível.

LABORATÓRIO DE ANÁLISES: nesta seção, através da aplicação dos conceitos estudados nas 60 lições do Gramática Avançada, analisamos artigos, letras de música, etc. E você pode contribuir!

E. FERRAMENTAS AUXILIARES

Ao longo dos tópicos recomendaremos ferramentas para auxiliar o seu aprendizado. Infelizmente, o problema que enfrentei quando iniciei meus estudos parece persistir, isto é, ainda há poucas ferramentas auxiliares em português. Em inglês, há a extensão “Rikaichan”. Basta passar o mouse em cima das palavras em japonês e aparecerá um pop-up com a tradução:

02

Para Chrome: Baixe aqui 

Para Firefox Quantum: Baixe aqui

Neste blog não há Furigana (lição 4) nos Kanjis, fato que realmente pode incomodar alguns.

Entretanto, esse problema pode ser contornado com a extensão “IPA Furigana” (para o Chrome). Para o Firefox há o “Furiganaize”. 

Infelizmente, não há muitas opções de dicionários Japonês – Português / Português – Japonês para consulta online. Veja algumas das opções:

DICIONÁRIO JP;

DICIONÁRIO GANBAROU ZE!: na verdade é o  conteúdo do Suplemento II: Dez Mil Palavras em formato planilha (do Google) que está sendo atualizado constantemente com novas palavras; 

GLOSBE:  não é um dicionário, mas sim um tradutor;

REVERSO CONTEXT: oura ferramenta muito útil e parecida com o Glosbe.

Outras opções de dicionário:

KOTOBAI: dicionário espanhol;

DICCIONARIO "RUI" EN LÍNEA: dicionário espanhol;

HISPADIC: dicionário espanhol;

JAPANDICT: dicionário multilíngue;

JAPANESE WORDNET: dicionário multilíngue.

Conforme você for progredindo em seus estudos, aconselhamos que você comece a consultar dicionários japoneses. Leia o final do tópico 2 da lição 23 no qual citamos um exemplo que mostra que dicionários ocidentais nem sempre apresentam todos os significados possíveis de uma palavra. Isso faz toda diferença quando se deseja entender construções mais avançadas (pode ser que se deva considerar um significado ignorado pelos dicionários ocidentais de uma palavra nela presente). Embora tais construções sejam raríssimas na língua falada, podem aparecer em textos literários e no nível 1 do JLPT. Indicamos os seguintes dicionários japoneses:

KOTOBANK;

DICIONÁRIO DO PORTAL GOO;   

WEBLIO;

WEBLIO KOBUN (Japonês Clássico).

Também, temos os suplementos que visam complementar o conhecimento sobre a língua japonesa. Em especial, gostaríamos de destacar o “Suplemento II: Dez Mil Palavras”, no qual você encontrará o vocabulário necessário para prestar os níveis do JLPT.

F. CONSIDERAÇÕES

Por fim, quero deixar claro este blog se trata de material que venho pesquisando ao longo desse tempo; é algo feito de estudante para estudante. Sempre que encontrar algo interessante, atualizarei algum tópico ou mesmo novas lições poderão ser acrescentadas de acordo com as circunstâncias.

Tragam também material interessante que encontrarem. Também aprenderei muito com vocês!

“Não palmilhe sempre o mesmo caminho, passando somente onde outros já passaram. Abandone ocasionalmente o caminho trilhado e embrenhe-se na mata. Certamente descobrirá coisas nunca vistas, insignificantes, mas não as ignore. Prossiga explorando tudo sobre elas; cada descoberta levará a outra. Antes do esperado, haverá algo que mereça reflexão.” (Graham Bell)

              Juntos, vamos dar o nosso melhor – GANBAROU ZE!

Acesse nosso canal no Youtube e nossas redes sociais. Ajude a divulgar o projeto. Se desejar, você pode fazer uma doação pelo Pagseguro (ou copie a chave PIX localizada no canto superior esquerdo em “FAÇA UMA DOAÇÃO”).  

clip_image00273 clip_image00473 clip_image00673 clip_image00893